Buscar
  • Henrique Correia

Dia de pesca termina em tragédia; pai morre no mar e filho salva-se

Comunicado da AM deu conta que "uma criança de 11 anos foi esta manhã resgatada e auxiliada após ter sido arrastada por uma onda enquanto se encontrava à pesca com o pai".



Ocorreu este domingo uma tragédia no mar do Porto da Cruz. Aquele que era um momento em família com a pesca como passatempo, acabou com a morte de um homem de 38 anos, que se encontrava a pescar quando o filho de 11 anos foi arrastado pelas ondas. A criança salvou-se com a ajuda de populares, o pai acabou por morrer e o corpo já foi resgatado.

A Autoridade Marítima divulgou um comunicado dando conta que "uma criança de 11 anos foi esta manhã resgatada e auxiliada após ter sido arrastada por uma onda enquanto se encontrava à pesca com o pai, junto às piscinas do Porto da Cruz, na Madeira. O pai foi posteriormente resgatado sem vida".

O texto acrescenta que "na sequência de um alerta recebido pelas 10h00, através do Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal (MRSC Funchal), a informar que duas pessoas se encontravam em dificuldades no mar, foram ativados de imediato para o local elementos do Comando-local da Polícia Marítima do Funchal e da Estação Salva-vidas do Funchal. Para o local deslocaram-se ainda os Bombeiros Sapadores de Santa Cruz, os Bombeiros Voluntários de Santana e uma equipa do SANAS Madeira".

A criança de 11 anos acabou por ser resgatada para terra por um surfista que se encontrava no local, tendo sido posteriormente auxiliada e transportada, em estado estável, para uma unidade hospitalar pelos Bombeiros Voluntários de Santa Cruz.

O pai da criança, de 38 anos, foi encontrado sem vida na água e resgatado para Porto da Cruz pelos elementos do SANAS Madeira, tendo sido posteriormente transportando para o Hospital do Funchal.

O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima foi ativado e encontra-se a prestar apoio aos familiares da vítima.

31 visualizações

Posts recentes

Ver tudo