top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

easyJet soma atrasos e cancelamentos de e para a Madeira



Problemas com tripulações, atrasos que esbarram no limite dos tempos de voo dos tripulantes têm sido "imagem de marca". Ontem, dois voos cancelados, hoje dois já atrasados.




Dois voos da easyJet cancelados ontem, uma chegada de Lisboa e uma partida para Lisboa, ao princípio da noite, já hoje um atraso de 4 horas e meia na chegada (era para as 8h) do voo proveniente do Porto (prevista para as 12.25h) e, consequentemente, um atraso de 5 horas na partida do voo com destino ao Porto e que deveria sair pelas 8.30h mas tem saída prevista para as 13.30h sem informação prévia aos passageiros para evitar longas esperas no Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo.

Tem sido esta a "vida" da easyJet nos últimos tempos na Madeira. O atraso da partida para o Porto é explicado aos passageiros com a falta de um tripulante, mas a verdade é que outros episódios do género têm acompanhado a operação da companhia independentemente dos destinos e proveniência, com cancelamentos e atrasos quase diários que já têm levado a queixas dos passageiros.

Problemas com tripulações, atrasos que esbarram no limite dos tempos de voo dos tripulantes, obrigando a desembarcar passageiros que já se encontravam no interior dos aviões, estão a decorrer com uma frequência que não era habitual, havendo mesmo quem utilize uma expressão para exemplificar o que se passa com a companhia: "quer dar o passo maior do que a perna". Ou seja, apostou no aumento de frequências na sua operação global, fez até um bom investimento, mas está com dificuldades para controlar a operação e corre riscos de imagem para o futuro. Uma espécie de "crise de crescimento" que, a não ser resolvida, pode ter consequências na "fuga" de passageiros.


31 visualizações

תגובות


bottom of page