Buscar
  • Henrique Correia

Filipe Sousa pede escola da Vargem em reunião onde Albuquerque fala de bonecas



O autarca acusa em carta muito "aberta" : "Para coroar a falta de ética política, ainda fala de alto para dizer que não sabe o que a Câmara de Santa Cruz faz ao dinheiro. Isso era antes, senhor presidente, nos tempos da velha senhora do PSD e da dívida sem fundamento e lei que ainda estamos a pagar".




Filipe Sousa, o presidente da Câmara Minicipal de Santa Cruz, ficou desagradado com declarações do presidente do Governo, no debate sobre Educação, quinta-feira no Parlamento Regional. O autarca não gostou das referências e omissões sobre as obras na Escola da Vargem e enviou "carta aberta" de resposta a Albuquerque, referindo que "a mentira pública exige resposta pública".

Filipe Sousa diz que "ao contrário do que afirma o Dr. Miguel Albuquerque, a Câmara tem feito obras nas escolas que seriam da competência do Governo Regional. Destacamos, só a título de exemplo, e apenas na escola da Vargem, a substituição integral da canalização de água potável, substituição integral de vãos (leia-se janelas novas), substituição integral de alpendre, essencial para assegurar uma circulação exterior entre edifícios num valor aproximado de 80 mil euros. Relembramos que a nossa competência passa apenas pela manutenção das infraestruturas existentes".

O líder da Autarquia santacruzense lembra "para que conste" que "o investimento global no parque escolar do primeiro ciclo das escolas do concelho de Santa Cruz da competência municipal representou um investimento na ordem dos 300 mil euros no último mandato".

Recorda, ainda, que "a Câmara de Santa Cruz tem ido a outras competências do Governo, concretamente na área da saúde, tirando muita gente das longas listas de espera do Serviço Regional de Saúde, através do programa de apoio às pequenas cirurgias e agora através do apoio a exames e consultas. Pelo Dr. Miguel Albuquerque, havia munícipes que já não viam os filhos há anos, em virtude da longa espera de, por exemplo, cirurgias oftalmológicas".

Segundo o autarca "o Dr. Miguel Albuquerque mente ainda quando omite a circunstância de termos sido nós a pedir a obra da Vargem ao Governo, numa reunião na qual o senhor presidente apenas falou de bonecas, no costumeiro desrespeito que tem exercido relativamente ao poder local.

Depois, para coroar a falta de ética política, ainda fala de alto para dizer que não sabe o que a Câmara de Santa Cruz faz ao dinheiro. Isso era antes, senhor presidente, nos tempos da velha senhora do PSD e da dívida sem fundamento e lei que ainda estamos a pagar".

Filipe Sousa considera que "este comportamento está dentro da praxis do Presidente do Governo, que tem falhado em todos os compromissos que estabeleceu com a Câmara de Santa Cruz, nomeadamente terrenos do Parque Industrial da Cancela e a participação do Governo Regional em obras estruturantes como o Largo da Achada e a Promenade dos Reis Magos, o pagamento do IRS devido a esta autarquia.

Mas não se preocupe, senhor Presidente, que vamos e estamos a avançar sozinhos. Vá fazendo as obras nas escolas que são da sua competência. E, já agora, aquelas escolas que o Governo Regional tem fechado e deixado o património ao abandono, também poderiam ser aproveitadas. A Câmara de Santa Cruz já apresentou algumas propostas, mas, como sempre, nem reposta teve do Governo. É mais fácil mentir no parlamento, embora fique mal a um Governo".


147 visualizações