top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Joaquim Sousa: desconfio que o PAN venha a cumprir algum dos seus objetivos.



Porta voz do PAN Madeira admite demitir-se se Inês Sousa Real ficar calada perante o "desrespeito pelos militantes da Madeira".




A deputada eleita pelo PAN Madeira não compareceu à reunião da comissão política regional do partido convocada para o final da tarde de hoje e onde estiveram presentes apenas três elementos.

Joaquim Sousa, o porta voz da estrutura regional, lamentou esta postura de Mónica Freitas perante um órgão legitimado do partido e acusou a porta voz nacional de ter provocado o caos no PAN Madeira para poder mandar.

O professor diz que o PAN "começa mal. A senhora deputada assina acordos que não pode assinar, anuncia a suspensão de um porta voz e afinal já veio desmentir que não pode suspender e recusa debater com os representantes eleitos pelos militantes da Madeira o acordo que ela assinou de incidência parlamentar".

Joaquim Sousa diz desconfiar "que o PAN venha a cumprir algum dos seus objetivos. Qual será o interesse da deputada eleita e quiçá da senhora porta voz nacional perante situações destas em que os militantes são desrespeitados".

O porta voz da estrutura regional diz que se a porta voz nacional não se pronunciar hoje, depois da comissão política nacional, tirarei as devidas ilações, poderá ser a demissão".


17 visualizações

Comentarios


bottom of page