top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Miguel Gouveia responde a Calado: "Depois do exército na ruas, tsunamis?"


"E que tal deixar de perder tempo com soundbites tontos e começar a resolver os problemas da cidade?"



O vereador da Confiança e antigo presuda Câmara do Funchal Miguel Silva Gouveia, já reagiu às declarações de Pedro Calado, atual líder da Autarquia, que na abertura do seminário “Risco Sísmico e Tsunami no Funchal”, apontou a questão do aumento do molhe da Pontinha, que visava não só questões económicas e turísticas, mas também proteger a baixa e centro da cidade dos risco de tsunami, mas que não foi caucionada pelo Estado, que não o achou «importante», no âmbito do PRR (Programa de Recuperação e Resiliência), como a Região pretendia".

Na sequência desta posição, Miguel Gouveia fez uma publicação na página do Facebook onde refere que "há declarações que deixam qualquer ser pensante boquiaberto". O ex-presidente da CMF escreve que "então depois de se gastar 18 milhões de euros (de forma pouco transparente) na Proteção marítima da frente Nascente da Cidade do Funchal e da CMF confessar que desconhece o estado dos edifícios da cidade, eis que o actual presidente da Câmara entende que a prioridade é uma obra do Governo Regional de ampliação do Porto do Funchal? E para defender a cidade de Tsunamis? Depois do exército nas ruas da cidade, tsunamis?

E que tal deixar de perder tempo com soundbites tontos e começar a resolver os problemas da cidade?"


18 visualizações

Comments


bottom of page