top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Militante do Imaculado "fura" unanimidade no Conselho Regional do CDS




Unanimidade sobre o acordos com o PSD veio da Comissão Política Regional.




A Comissão Política Regional do CDS aprovou por unanimidade mas o Conselho Regional do CDS-PP só conseguiu aprovar por maioria devido a uma abstenção de um militante do Imaculado Coração de Maria que assim "furou" os 100% na votação sobre o acordo político celebrado entre o PSD e o CDS-PP, designadamente, o acordo político governamental e o acordo parlamentar, acordos esses que definem princípios fundamentais de cooperação, solidariedade e convergência entre estas forças políticas.

Estes órgãos aprovaram e subscreveram todas as opções políticas tomadas com vista a garantir a estabilidade no quadro da legislatura na Assembleia Legislativa Regional e no quadro do XIV Governo da Madeira.

Nas conclusões, o partido lembra que "tal como em 2019, o CDS-PP tem sido o “travão” às esquerdas na Madeira e reafirma o compromisso de continuar a sê-lo no futuro.

A Comissão Política Regional e o Conselho Regional do CDS-PP reforçam o facto da vitória representar o reconhecimento popular do trabalho desenvolvido pelo Governo Regional nos últimos quatro anos, assentes numa conjuntura de especial adversidade, seja com os desafios provocados pela pandemia COVID-19, seja pela guerra na Europa, ou por outros inúmeros conflitos, tensões, bloqueios, constrangimentos ao comércio internacional que exigem grande capacidade e complexidade na tomada de decisões".

Os dois órgãos do partido "reconhecem e agradecem todo o empenho, dedicação, profissionalismo e competência nas exigentes funções governativas desempenhadas pelo Dr. Teófilo Cunha, na qualidade de Secretário Regional do Mar e Pescas".


24 visualizações

Comments


bottom of page