Buscar
  • Henrique Correia

Portugal vai receber metade das doses previstas de vacinas



O primeiro-ministro considera esse um primeiro risco. O segundo risco está nas variantes, designadamente a britânica, que neste momento já vale 43% dos novos casos.



O primeiro-ministro António Costa revelou hoje que Portugal vai receber metade das vacinas contra a Covid-19 inicialmente previstas, o que constitui um dos problemas a enfrentar no plano de vacinação, que certamente poderá ter influência nas vacinas para as ilhas. É um problema de resposta da indústria e não de Portugal, diz Costa, reconhecendo ser este um risco.

Um segundo risco está nas variantes, designadamente a britânica, que neste momento já vale 43% dos novos casos.

Na apresentação da renovação do estado de emergência, até 1 de março, o primeiro-ministro disse que o confinamento está a produzir efeitos e, por isso, é preciso manter as restrições já em vigor.

4 visualizações