top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Quase um milhão de euros para a campanha que começa este domingo



PSD, PS, CDS, JPP e CDU lideram a lista das 14 forças políticas para as eleições de 26 de maio.



O período de campanha eleitoral para as Legislativas Regionais antecipadas de 26 de maio começa este domingo, 12 de maio, e termina na sexta-feira 24. Uma mera formalidade do calendário eleitoral, uma vez que os partidos e uma coligação (CDU) já há muito estão nas ruas e em iniciativas e dá-se a denominação de pré campanha.

Quanto a gastos, a que se referem as despesas e receitas de campanha oficial, as 14 forças políticas que vão a votos apontaram uma despesa que se aproxima do milhão de euros (p valor certo é de 949.778 euros), mesmo assim um valor inferior ao de setembro de 2023, nas últimas regionais cujo mandato foi interrompido pela demissão do do Governo e dissolução da Assembleia Regional.

As forças intervenientes no ato eleitoral e que apresentaram orçamentos são (BE), Partido Socialista (PS), Livre (L), Iniciativa Liberal (IL), Reagir, Incluir, Reciclar (RIR), CDU — Coligação Democrática Unitária (PCP/PEV), Chega (CH), CDS — Partido Popular (CDS-PP), Partido da Terra (MPT), Partido Social-Democrata (PPD/PSD), Pessoas-Animais-Natureza (PAN), Partido Trabalhista Português (PTP), Juntos Pelo Povo (JPP) e Alternativa Democrática Nacional (ADN) O MPT prevê

gastar qualquer quantia, tal como aconteceu em 2019 e 2023.

Segundo o Observador citando a Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP), o PSD é o partido que prevê gastar mais dinheiro na campanha eleitoral, com um orçamento de 340 mil euros. Destes, 250 mil da subvenção estatal e 90.000 de contribuição de partidos políticos.

O PS é o segundo partido a investir mais na campanha, 150.000 euros, proveniente do total da subvenção estatal. Comícios e espetáculos levam 75 mil euros.

O CDS-PP tem um gasto previsto de 100.000 euros, 25.000 para estruturas, cartazes e telas.

O JPP prevê gastar 96.100 euros

A CDU vai gastar 80.000 euros), seguindo-se a IL (60.000), o BE (42.720), o PAN (30.358,34), o Chega (25.000), o Livre e o ADN (10.000 cada), o PTP (5.000) e o RIR (500).

22 visualizações

Yorumlar


bottom of page