Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque assume "cena" dos deputados do PSD-M e promete, um dia, revelar tudo

"Episódio resultou de instruções dadas por mim num quadro de negociações políticas que não vou revelar. A responsabilidade é minha e até foi bom ter acontecido"


Foi no âmbito de uma visita à Biblioteca e Arquivo Regional que Miguel Albuquerque assumiu toda a responsabilidade do episódio de ontem, na Assembleia da República, protagonizado pelos deputados do PSD Madeira na Assembleia da República, que depois de votarem contra a proposta do Bloco de Esquerda que impedia a transferência de 476 milhões do Fundo de Resolução para o Novo Banco, alteraram o sentido e votaram a favor, uma situação acompanhada pela imagem, em direto, da deputada Sara Madruga da Costa ao telefone recebendo instruções.

Confirma-se, agora, que as instruções foram de Albuquerque. E o líder do PSD-M explica: "o episódio resultou de instruções dadas por mim num quadro de negociações políticas que não vou revelar. A responsabilidade é minha e até foi bom ter acontecido, um dia será explicado o porquê dessa decisão. O interesse da Madeira está em primeiro lugar, não estamos submetidos a ninguém.".

Albuquerque diz mesmo que aquela "cena" foi necessária, os deputados cumpriram as instruções". Afirma não ter recebido outros telefonemas, mas também diz que se tivesse recebido não podia revelar"

O presidente do Governo e do PSD afirma que a Madeira tem estado isolado e "não temos complexos de da fazer cenas, quero lá saber, o importante é a Madeira. Um dia vou revelar estas causas de alta política".

49 visualizações