Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque escreve ao Ministro para travar greve e admite regionalizar o SEF


A paralisação na Madeira vai decorrer nas segundas feiras 31 de maio, 7, 14, 21 e 28 de junho, entre as 9 e as 12 horas.




O presidente do Governo Regional revelou hoje, no âmbito da cerimónia do Dia do Empresário, ter enviado uma carta ao Ministro da Administração Interna no sentido de interceder para travar a greve do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que num momento importante da retoma turística "vai tramar a Madeira".

Miguel Albuquerque manifestou de tal orden a posição firme da Madeira que até tem o que diz ser uma solução: "Regionalizar o SEF, proceder à contratação coletiva e não haver greve que nos prejudique ainda mais".

A carta a Eduardo Cabrita foi enviada no dua 17 de maio e Albuquerque espera que dê resultados positivos neste contexto em que ocorre o regresso da atividade turística.

Recorde-se que o pré aviso de greve do SEF foi entregue pelo Sindicato dos Inspetores de Investigação, Fiscalização e Fronteiras, sendo que a paralisação na Madeira vai decorrer nas segundas feiras 31 de maio, 7, 14, 21 e 28 de junho, entre as 9 e as 12 horas.

8 visualizações