Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque espera segurar empresas e empregos com o Turismo "devastado"

Pode parecer contraditório, mas mão. Albuquerque coloca a esperança de um lado, na manutenção de empresas e empregos, e a realidade do outro, os efeitos devastadores da pandemia na atividade turística


A intervenção de Miguel Albuquerque na cerimónia de entrega de medalhas de mérito turisístico a personalidades e entidades de alguma forma ligadas ao turismo, foi com tónica muito otimista face aos tempos do "novo normal", em função da pendemia e das consequências que a mesma desencadeou no setor. O Turismo parou e foi um rombo inimaginável, ainda por contabilizar efetivamente. Sabe-se que foi mau, sabe-se que será mau, mas não se sabe quanto será mau.

Por isso, foi quase em contraciclo real que o presidente do Governo Regional veio a público com a mensagem de esperança. Compreende-se, num momento difícil: “Vamos ultrapassar com a ajuda de todos e com a concertação de esforços na manutenção das empresas, na manutenção dos postos de trabalho, na salvaguarda da nossa Região como um destino seguro”, apontou Miguel Albuquerque. 

Claro que estas declarações devem ser observadas com conta, peso e medida, em razão dos problemas que já foram referenciados em diversos hotéis, onde o depedimento de funcionários ou os acordos de rescisão, têm expressado as dificuldades das empresas ligadas ao turismo, a hotelaria, mas também todos os serviços associados que viviam e vivem da atividade turística. E sem turismo, pouco há a fazer.

E essa imagem é de tal modo efetiva que o próprio Miguel Albuquerque, mais realista, também disse que "a Região e o mundo vivem tempos atípicos, com efeitos devastadores na indústria do turismo". Paralelamente, o líder do Executivo sublinhou que as personalidades e as instituições agraciadas deram e continuam a dar um contributo incontornável na afirmação e notoriedade da Madeira enquanto destino de excelência pelo seu profissionalismo, dedicação diária à arte de bem receber e de bem fazer e humanismo na sua relação com os outros. 

Neste Dia 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo, foram estas as entidades e personalidades distinguidas pelo Governo Regional:

Medalha em Ouro’ - Por excecionais serviços prestados


- Isabel de Portugal da Silveira Henriques de Freitas Sousa Lino (Relações Públicas, Belmond Reid´s Palace)


- Quinta Pedagógica dos Prazeres

‘Medalha em Prata’ - Por importantes serviços prestados


- Alfredo António Camacho (Instalou a dessalinizadora no Porto Santo)

- ‘Banda Distrital do Funchal’

- Eduardo José Henriques da Costa (realizador)

- Fernando Jorge Teixeira (hoteleiro, Ferpinta, Grupo Vila Baleira)

- Marla Maria de Olim Costa Castro (Guia intérprete)

- Rui Emanuel de Freitas Dantas (Canyoning)

- ‘Snack Bar/Restaurante Faísca’

- Vanda Lopes dos Santos Rosado (empresária, Pensão Central)

‘Medalha em Bronze’ - Por significativos serviços prestados


- David Peter de Freitas Silva (Taxista)

- Élia Maria Sousa Macedo Pereira (Trabalhadora mais antiga da portaria do Jardim Botânico)

- Hélder Consuelo Lopes Santos (fotógrafo)

- José António de Freitas Ramos (Pools Area Manager, Grupo Pestana)

- José Manuel Ferreira (Chefe de Sala, Restaurante Quinta do Furão)

- José Manuel Gouveia Pires (Levadeiro)

- ‘Madeira Explorers Turismo de Lazer, Lda.’

- Manuel Saldanha Gouveia (Carreiro do Monte)

- Manuel Pestana (Guarda Florestal)

- Maria Constança Soares Freitas (Lavandaria, Belmond Reid´s Palace)

- Maria Olívia Gomes Ribeiro (Motorista de Turismo)

- Regina Maria Xavier Ribeiro Franco (Comercial, Windsor Travel)

- Teresa Maria Freitas Pereira da Silva (Técnica de Informação Turística)

- William José Figueira Canache (Portaria, Belmond Reid´s Palace)



6 visualizações