Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque espera um Marcelo mais "mexido" e diz que Ireneu foi "exemplar"



O presidente do Governo Regional espera um Presidente da República a defender mais a Madeira e elogia "o comportamento exemplar e irrepreensível, em termos de relacionamento institucional, do Representante da República".



Miguel Albuquerque espera Marcelo Rebelo de Sousa mais interventivo e contundente relativamente a questões que têm a ver com a defesa da Região, designadamente a revisão da Lei de Finanças Regionais e o alargamento da Autonomia Política.

“Significa que, relativamente a um conjunto de comportamentos do Executivo nacional para com a Madeira, o Presidente da República não pode ser conivente. Tem de ser um travão e um corretor. E, neste momento, tem todo o poder e toda a legitimidade para o fazer”, refere o presidente citado numa nota publicada nas plataformas digitais do Executivo.

As declarações de Albuquerque foram prestadas no âmbito de una visita a obras de requalificação em curso na Estação Elevatória dos Socorridos.

O líder do Governo elogiou ainda o comportamento exemplar e irrepreensível, em termos de relacionamento institucional, do Representante da República.

“Teve um comportamento exemplar e um papel decisivo – e continua a ter – no decurso desta pandemia, cooperando de forma estreita, clara e transparente com o Governo Regional”, relevou Miguel Albuquerque, acrescentando que cabe ao Presidente da República a decisão de indicar o Representante da República para a Região Autónoma da Madeira.


7 visualizações