Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque preocupado com a variante Delta alerta para comportamentos das pessoas


"Se houver falta de distanciamento, festas, concentrações e pessoas umas em cima das outras, as probabilidades de apanhar a doença são maiores" .




O presidente do Governo Regional alertou hoje os madeirenses para que assumam comportamentos responsáveis na prevenção da Covid-19, para mais mum momento em que a variante Delta já representa 87,7% dos novos contágios. "Não podemos acreditar em milagres mas sim no comportamento das pessoas. Não estamos imunes a esta nova variante, ela já está aí, por isso é importante mantermos atenção nos procedimentos.

Miguel Albuquerque diz que "se houver falta de distanciamento, festas, concentrações e pessoas umas em cima das outras, as probabilidades de apanhar a doença são maiores. Se houver cuidados, não significa que não possa acontecer, mas o risco é menor".

Albuquerque diz que a preocupação prende-se com o facto desta variante "atingir mais os jovens, pelo que estamos a desenvolver esforços de vacinação para as faixas etárias mais baixas, primeiro os universitários e depois os estudantes entre 12 e os 18 anos. É preciso desmistificar a ideia que a Covid-19 não atinge os mais jovens. Mas atinge e em alguns casos com formas graves".

As declarações do presidente do Governo foram prestadas à margem da inauguração do caminho da Nogueira, em Câmara de Lobos. Uma oportunidade para recordar que aquele acesso, importante para o desenvolvimento social e económico do concelho e na acessibilidade a produções agrícolas e a habitações, resulta de uma candidatura ao PRODERAM, aprovada pelo Executivo madeirense.

"Nós apoiamos as Câmaras, em termos de fundos europeus, na sequência dos projetos apresentados por elas. Se as Câmaras não trabalham bem, se não têm a capacidade de apresentar as candidaturas, nós não podemos apoiar".

13 visualizações