Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque quer prazos cumpridos nos fundos europeus



Miguel Albuquerque aponta como cenários os meses de julho, para o REACT, de outubro, para os restantes fundos.



O presidente do Governo Regional espera que se cumpram os prazos de aprovação dos fundos europeus no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. Miguel Albuquerque aponta como cenários os meses de julho, para o REACT, de outubro, para os restantes fundos.

Esta informação está publicada pelo Governo e reporta-se a declarações de Miguel Albuquerque à margem de uma visita ao Hospital Particular da Madeira, que celebra dois anos de atividade, onde o líder do Executivo sublinhou que, «face à situação que estamos a atravessar, é fundamental que se acelere a entrega desses fundos».

"Mas, como foi dito na altura, a União Europeia tem essa complexidade. Há uma demora na aprovação desses fundos. Um processo com 27 países a decidir, alguns com duas câmaras parlamentares. Leva algum tempo", explicou.

O presidente do Governo disse, a propósito do Hospital Particular, que se trata de uma unidade que presta qualidade ao serviço de Saúde da Região

O presidente do Governo Regional diz ser fundamental, para a Região, sobretudo face a esta pandemia, «ter uma retaguarda, em termos de capacidade de resposta na área da Saúde, da mais alta qualidade».


6 visualizações