Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque vira-se para a Europa a exigir testes nos pontos de partida

"Permitam-me que lhes diga, isso já devia estar a ser feito por toda a gente há muito tempo", disse o presidente do Governo no Fórum das Regiões


O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, interveio hoje, no Fórum das Regiões Ultraperiféricas (RUP), que se realizou por videoconferência e onde Miguel Albuquerque abordou várias questões – turismo, mobilidade, agricultura, transição ecológica e digital– mas foi no Turismo que fez incidir o foco das suas palavras: “É urgente a definição clara de medidas que promovam e dinamizem este setor a nível europeu. Temos vindo a reivindicar já desde há largos meses a testagem à COVID-19 no ponto de partida. E, permitam-me que lhes diga, isso já devia estar a ser feito por toda a gente há muito tempo”, continuou.

O líder do Executivo madeirense reforçou ainda a importância vital do setor, lembrando que a dependência das RUP, nomeadamente da Madeira e do Porto Santo relativamente ao turismo, supera a generalidade das regiões turísticas europeias, sendo que, depois da completa inatividade ditada pelo confinamento, a situação se mantém crítica e já com forte impacto sobre o emprego.

Paralelamente, o Chefe do Governo, que se referiu à agricultura como um setor essencial para as RUP, tanto a nível económico, como social disse ser incompreensível que, no atual contexto de crise extrema, se opere um corte de 3,9% no orçamento do POSEI.

“Se há altura em que se justifica o seu reforço, esse momento é agora”, apontou o governante.

“Tal corte associado à redução das taxas de cofinanciamento constitui uma inexplicável degradação do Estatuto das RUP no domínio da agricultura”, indicou.


229 visualizações