Buscar
  • Henrique Correia

Assistente operacional do IPO morre dois dias depois de ter recebido a vacina contra a Covid


É prematuro estar a fazer eventuais ligações à vacina contra a Covid-19, uma vez que só a autópsia poderá esclarecer cabalmente o que terá ocorrido.


Uma assistente operacional do Instituto Português de Oncologia no Porto, de 41 anos de idade, morreu dois dias depois de ter recebido a vacina contra a Covid-19. A família diz que se trata de uma pessoa saudável, sem problemas de saúde, e que nos últimos dias esteve bem.

É prematuro estar a fazer ligações à vacina contra a Covid-19, uma vez que só a autópsia poderá esclarecer cabalmente o que terá ocorrido. Apenas a constatação de um facto e esse é que a assistente foi vacinada no dia 30 de dezembro, no âmbito do plano de vacinação previsto, acabando por falecer dois dias depois.

8 visualizações