top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Calado "segura" vistos gold para manter o investimento de luxo na cidade



Presidente da Câmara em declarações ao Expresso: "Os estrangeiros olham cada vez mais para a região e representam já 50 por cento da procura no Funchal: "Se em 2019 tínhamos pouco mais de 20 milhões de euros em transações, hoje temos um valor superior a 125 milhões".




O presidente da Câmara do Funchal enviou um "recado" à República sobre o programa recentemente anunciado de Mais Habitação, envolvendo o fim dos vistos gold e o arrendamento coercivo como assuntos polémicos. No Expresso, Pedro Calado diz que o Funchal não vai cumprir essas medidas e promete que os vistos gold, aqui, vão continuar a ter validade para gáudio do investimento de luxo.

Nesta entrevista ao Expresso Imobiliário, Calado assume o discurso oficial, do Governo PSD/CDS, alinhando pela defesa do grande investimento imobiliário. Prevalecem os números e o presidente da Câmara, que já andou entre o privado, no grupo AFA, e o público onde foi vice do Governo e agora presidente da Autarquia, avança com estes dados sobre o setor do imobiliário: "Em apenas 8 anos, passámos de um volume de vendas de 180 milhões de euros, para 841 milhões".

Calado tem argumentos e defende-os com "unhas e dentes" esta abertura da Região, do Funchal em particular, ao luxo que vem de fora e que já fez disparar os preços das casas num perímetro cada vez mais alargado no conceito de cidade: "Os estrangeiros olham cada vez mais para a região e representam já 50 por cento da procura no Funchal: "Se em 2019 tínhamos pouco mais de 20 milhões de euros em transações, hoje temos um valor superior a 125 milhões. É um crescimento de 105 milhões de euros em três anos".A juntar aos estrangeiros vindos do norte e centro da Europa, a guerra veio trazer também cada vez mais investidores vindos da Ucrânia, Rússia e Bielorrússia, com grande capital a investir no Funchal".

Pedro Calado avança, ainda, que dentro de dois, três anos, "vamos ter mais 10 a 12 mil pessoas em novas casas na zona oeste do Funchal", sendo que na Praia Formosa, uma zona que foi requalificada, está em curso um investimento do grupo Pestana.


27 visualizações
bottom of page