Buscar
  • Henrique Correia

Candidata do PS quer abrir um novo ciclo na Junta de Santa Luzia


"Santa Luzia precisa de uma nova dinâmica social envolvendo as diversas gerações".





Énia Freitas tem 54 anos e é diretora da Escola EB1/PE e creche de Santo Amaro. Recandidata-se à Junta de Santa Luzia.

Assume a candidatura à Junta de Santa Luzia por considerar que "a freguesia necessita de um novo projeto, adequado à realidade local, focado na resposta ao envelhecimento populacional, e à falta de infraestruturas públicas de apoio e de eventos para todas as idades.

Esta candidatura visa aproximar as pessoas das decisões do poder local, aumentar a participação cívica dos cidadãos, diminuir as carências sociais e atenuar as dificuldades económicas que esta época de pandemia provocou à comunidade."

"Tendo presente a minha ligação à educação e à formação de cidadãos ativos e empenhados, procuraremos, igualmente, aumentar as competências tecnológicas, de inovação e empreendedorismo da população e incentivar a criação de atividade cultural e de valorização do nosso património. Santa Luzia precisa de uma nova dinâmica social envolvendo as diversas gerações, criando atrativos para a fixação dos jovens, e assumir uma mudança de força política nesta freguesia é um desafio que faremos chegar a todas e todos de forma honesta e solidária."

Miguel Silva Gouveia enalteceu que "em Santa Luzia, a Coligação Confiança conta com a Énia Freitas para abrir um novo ciclo na liderança da Junta de Freguesia, perante anos que se adivinham transformadores, desde logo com a abertura de um polo de criatividade, cultura e empreendedorismo no antigo Matadouro do Funchal. A sua sensibilidade enquanto docente será fulcral para aumentar a participação cívica, promover novas soluções para as diferentes gerações e estimular a revitalização da freguesia, que está, desde há muito, parada no tempo.”

4 visualizações