Buscar
  • Henrique Correia

Chega prepara oferta de 7 milhões para comprar a histórica sede do CDS


Proposta seguirá para o dono do espaço, o Patriarcado, e surge num contexto de dificuldades financeiras dos centristas.



No dia em que o CDS Madeira anunciou a mudança de sede regional da Rua da Mouraria para a Rua Dr. Fernão de Ornelas, surge a notícia, através da CNN Portugal que o Chega está preparado para comprar a histórica sede nacional do CDS ao Largo do Caldas, em Lisboa.

Segundo aquela estação, "o Chega está disposto a pagar pelo espaço, em caso de compra, até 7 milhões de euros, ou, em caso de arrendamento, até 5 mil euros por mês", sendo que vai seguir uma proposta para o Patriarcado, a entidade dona do prédio.

"O partido de André Ventura aproveita assim "uma oportunidade de negócio", segundo fonte do Chega, face ao litígio entre o CDS e o senhorio - o Patriarcado -, tendo em conta as dificuldades financeiras dos democratas cristãos".

9 visualizações