Buscar
  • Henrique Correia

Dinarte acusa Governo de "jogo viciado" e obriga Barreto a "jogo de cintura"


O CDS corre o risco de ganhar na tão falada estabilidade da governação regional, mas perder na estabilidade interna.




Não é nada que surpreenda. O presidente da Câmara Municipal de Santana, como se sabe do CDS, "tira o casaco" e não se põe com meias medidas para acusar o Governo Regional, também do CDS, de jogo viciado para estas eleições autárquicas de 26 de setembro, de participar em ações de campanha a favor do candidato social democrata, de receber na Quinta Vigia apenas os autarcas do PSD, uma situação já alvo de observação aquando desses encontros, além se lembrar que em 2019 Santana candidatou caminhos agrícolas que depois foram "bater" a Câmara de Lobos.

Tudo isto em entrevista hoje publicada no JM, onde Dinarte Fernandes, que já tinha entrado em rota de atrito, com esta pode ser de colisão, com o líder regional do CDS, também secretário da Economia, Rui Barreto, que queria impor a coligação em Santana mas teve oposição de Dinarte.

Claro que esta realidade autárquica, diferente da governação regional, pode desencadear algum incómodo em função das diferentes atitudes que o CDS será obrigado a assumir quando, por exemplo, o líder Rui Barreto for a Santana apoiar o seu candidato, em campanha, para ouvir acusações destas ao Governo. Não será fácil "despir" o casaco do Governo quando passar a "fronteira". Será preciso um "jogo de cintura" para gerir esta do "jogo viciado" que Dinarte fala acusando o Governo onde está Barreto.

Face a estes enquadramentos, o CDS corre o risco de ganhar na tão falada estabilidade da governação regional, mas perder na estabilidade interna, já de si com alguma tensão devido precisamente às divergências de entendimento intermo relativamente à entrada no Governo, mas mais perto, da tensão na Ponta do Sol e em Santana, que recusaram coligação em contraciclo com o que pretendia Barreto.

Será interessante acompanhar a forma como Rui Barreto e Miguel Albuquerque vão gerir esta acusação forte de Dinarte Fernandes.


7 visualizações