Buscar
  • Henrique Correia

Esquerda acima dos 50%, direita abaixo dos 40%; CDS em "queda livre" com 1%


A sondagem foi feita para o Expresso e para a SIC tendo por foco as Legislativas




A esquerda mantém maioria nas intenções de voto e a direita não consegue equilibrar, apesar do PSD estar a subir. O CDS é que não ajuda nada e cai a cada dia que passa. Uma descida que está cada vez mais acentuada com a atual liderança de Francisco dos Santos, alvo de contestação interna bem recentemente.

É isto o que reflete uma sondagem ICS/ISCTE para a SIC e o Expresso, relativa à intenção de voto em Legislativas, apontando o PS cim 37%, o PSD com 29%, o BE com 9%, a CDU com 7% e o CHEGA com 6%. O PAN tem 2% e só depois aparece o CDS com 1%, igual à Iniciativa Liberal.

O PS está a "escorregar" mas direita, junta, não chega aos 40%. A esquerda, junta, passa dos 50%.

Nas figuras, tirando Marcelo Rebelo de Sousa, sempre em alta, aparece o primeiro-ministro António Costa com 6,2% e Rui Rio com 4,9%. Catarina Martins está nos 4,3%, Jerónimo de Sousa nos 3,8%, André Silva nos 3,4% e Francisco dos Santos nos 3,1%.

Cotrim de Figueiredo regista 2,9%, à frente de André Ventura, que tem 2,4%, mas este com maior notoriedade.

Na avaliação do Governo, a sondagem revela que 50% acha que está a fazer um bom trabalho, sendo que a grande preocupação vai para a Economia.


26 visualizações