Buscar
  • Henrique Correia

Foram colocados 50.964 alunos no Ensino Superior; quase 12 mil ficaram de fora

Na Universidade da Madeira, entram 658 alunos, sendo que existiam 767 vagas e candidataram-se 959 alunos em primeira opção. Sobram 117 vagas.




A Direção-Geral do Ensino Superior acaba de divulgar o resultado da primeira fase de colocações no Ensino Supeiorr, que já está disponível em (http://www.dges.gov.pt).

Nesta 1ª fase do 44.º concurso nacional de acesso, foram admitidos 50 964 novos estudantes no ensino superior público, o que corresponde a um aumento de 15% em relação à mesma fase do concurso de 2019, como refere uma nota da DGES. De fora, ficaram perto de 12 mil alunos.

Os dados apontam que foram a concurso, nesta fase, 62 561 candidatos, representando um aumento de 23% face à mesma fase do ano anterior. Dos candidatos à primeira fase do concurso, 82% foram já colocados, sendo que 84% dos estudantes agora admitidos foram colocados numa das suas três primeiras opções. Das 56 121 vagas colocadas a concurso, sobraram 6 050 vagas para a segunda fase do concurso, o que significa uma diminuição de 10% em relação à mesma fase do concurso de 2019.

Relativamente à Universidade da Madeira, foram colocados 658 alunos, sendo que existiam 767 vagas e candidataram-se 959 alunos em primeira opção. Sobram 117 vagas.

A candidatura para a segunda fase começa já esta segunda-feira.

Conheça, em pormenor, tudo sobre as colocações desta primeira fase:


Colocações_ensino_superior
.pdf
Download PDF • 169KB

5 visualizações