Buscar
  • Henrique Correia

Foram vendidos 5 mil exemplares na Feira do Livro



Calado diz que "foi um bom formato e uma aposta ganha".


Em 10 dias, na Feira do Livro, foram vendidos 5 mil livros, representando um volume de negócios superior a 100 mil euros. Estes indicadores foram revelados hoje pelo presidente da Câmara do Funchal durante o encerramento da iniciativa num formato que, segundo Pedro Calado, "foi ganho".

Como revela uma nota da Autarquia,

Pedro Calado revelou dados que demonstram o sucesso do evento. O autarca deu conta que na edição deste ano a venda de livros bateu recordes. Foram vendidos 500 livros por dia. Em 10 dias, foram vendidos 5 mil livros, representando um volume de negócios superior a 100 mil euros.

Pedro Calado lembrou que durante os 10 dias da Feira do Livro realizaram-se mais de 100 eventos, com destaque para 18 apresentações de livros e 14 concertos.

“Foi um bom formato e uma aposta ganha”, considera Pedro Calado, tendo revelado que a Feira do Livro do próximo ano realiza-se na segunda quinzena de Maio e vai evocar novamente o centenário do Nobel da literatura , José Saramago.

5 visualizações