Buscar
  • Henrique Correia

Funchal com "Novemil" para mostrar a sua identidade

A nova plataforma, que vai buscar o seu nome ao então único código postal da cidade – 9000, surge em versão bilíngue e agrega, igualmente, informações que explicam a génese toponímia do Funchal



Chama-se "Novemil" e é uma plataforma que uma nota da Câmara do Funchal explica como "uma plataforma que agrega um conjunto de informações históricas do Funchal, disponibilizando elementos relevantes para a valorização da identidade da cidade e para uma melhor perceção e compreensão do presente".

O projeto elaborado pelo investigador João Márcio de Matos, foi apresentado no Dia Mundial do Turismo, que se comemorou este domingo e está disponível através do endereço https://novemil.org/

O presidente da Autarquia funchalense, Miguel Silva Gouveia, explicou que “este projeto tem cerca de dois anos de trabalho e outros tantos de investigação, e procura mostrar a Cidade do Funchal num contexto histórico e cultural diferente daquele que tem vindo a ser apresentada até hoje, permitindo abrir novas portas ao mundo com tudo aquilo que o Funchal tem para oferecer. Foi um trabalho de investigação profunda que nos permite acumular um conjunto de informação histórica, com sustentação científica, das evoluções da nossa cidade e histórias que fazem parte da nossa identidade”.

A nova plataforma, que vai buscar o seu nome ao então único código postal da cidade – 9000, surge em versão bilíngue e agrega, igualmente, informações que explicam a génese toponímia do Funchal, “do ponto de vista turístico, quem nos visita procura cada vez mais compreender a nossa origem e as raízes das nossas tradições, e este projeto vem oferecer e complementar precisamente essa lacuna em termos de oferta turística. Disponibilizamos muitas curiosidades sobre a origem dos nomes de algumas ruas e lugares, que são histórias desconhecidas pelos turistas, como é natural, mas também pelos residentes”, referiu o autarca.

O projeto https://novemil.org disponibiliza um conjunto de informação histórica da cidade com mais de 6000 fotografias na 'Iconoteca', 200 livros no 'Ateneu' e várias histórias no 'Guia Insólito' da cidade, Memória Toponímica, Crónicas do Quotidiano, entre outras informações relevantes. Todo o conteúdo do site está dinamicamente adaptado às diferentes plataformas que o utilizador estiver a utilizar.

3 visualizações