Buscar
  • henriquecorreia196

Gás Solidário chega a 22 mil famílias e dá desconto anual de 72 euros


O programa inicia-se no mês de setembro e terá uma dotação prevista, para o ano de 2021, no montante de 650 mil euros.


O programa Gás Solidário vai chegar a 22 mil famílias madeirenses. As mesmas que já beneficiam da tarifa social de energia elétrica. Esse é, como explicou Rui Barreto, o requisito necessário para aceder ao desconto mensal no valor de seis euros (72 euros anuais) quer seja na fatura do gás canalizado, quer seja botija de gás.

O secretário regional da Economia falava, esta manhã, na Vila Passos, na apresentação do novo apoio às famílias economicamente vulneráveis, “uma medida económica mas com ética social”. Uma medida que considerou “equitativa”, como refere uma nota do gabinete de comunicação de Barreto.

“O sistema de acesso é muito simples e apenas está dependente da entrega de uma cópia do cartão do cidadão e da última fatura emitida pela Empresa de Eletricidade da Madeira, onde se possa comprovar que essa família já beneficia da tarifa social de energia e dessa forma comprovar a condição de família economicamente vulnerável”, esclareceu o secretário regional da Economia.

O programa inicia-se no mês de setembro e terá uma dotação prevista, para o ano de 2021, no montante de 650 mil euros. O apoio a conceder aos beneficiários traduz-se num apoio financeiro mensal, não ultrapassando o valor mensal da despesa com gás.

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo