Buscar
  • Henrique Correia

Governo e Albuquerque manifestam pesar pela morte de Lourdes de Castro


"O Executivo madeirense e o seu presidente endereçam as suas mais sentidas condolências".



O Governo Regional e o seu presidente, Miguel Albuquerque, "vêm manifestar o mais profundo pesar pelo falecimento, hoje, aos 91 anos, no Funchal, da artista plástica madeirense, figura de proa na arte portuguesa comtemporânea, Lourdes de Castro", refere uma nota da presidência.

"À família, o Executivo madeirense e o seu presidente endereçam as suas mais sentidas condolências pelo falecimento da brilhante artista nascida na Madeira a 9 de dezembro de 1930, associando-se à sua dor".

Lourdes de Castro frequentou o curso superior de Belas Artes da Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, que não viria a concluir.

Viveu em Munique e em Paris.

A sua obra, composta por diferentes fases, fica marcada pelo conceito de sombra e de luz, presente praticamente em toda a produção artística a partir de 1961.

A obra da artista plástica está representada em várias coleções públicas e privadas em Londres, Havana, Belgrado, Cracóvia e, em Portugal, na Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Serralves.

É esta ilustre Madeirense que o Governo Regional e o seu Presidente pretendem homenagear, também na hora da sua morte.


3 visualizações