Buscar
  • Henrique Correia

Jornalista Helena Marques morreu de Covid-19; recebeu comenda na Assembleia Regional

Helena Marques recebeu a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique atribuída por Jorge Sampaio, nos 25 anos da Assembleia Regional


A jornalista de origens madeirenses Helena Marques, nascida em Carcavelos e filha de pais naturais da Madeira, que há muitos anos residia no continente, morreu ao início da madrugada, em consequência da doença Covid-19, no lar onde se encontrava a viver. Helena Marques tinha 85 anos de idade.

A sua longa carreira de jornalista, de 36 anos, passou pelo Diário de Notícias do Funchal, seguindo-se o DN Lisboa, onde trabalhou entre 1978 e 1992. Ali foi diretora adjunta na direção de Dinis de Abreu. Escreveu cinco romances, o primeiro dos quais "O Último Cais".

Foi agraciada pelo então Presidente da Rerpública Jorge Sampaio, em 2001, com a comenda da Ordem do Infante D. Henrique, na Madeira, em cerimónia dos 25 anos da Assembleia Legislativa Regional da Madeira.

Helena Marques foi casada com o também jornalista Rui Camacho, que também integrou os quadros do DN Funchal e era mãe do editor Francisco Camacho, do grupo Leya, do jornalista Pedro Camacho, ex-diretor de Informação e atual diretor de Inovação e Novos Projetos da agência Lusa, do antigo jornalista Paulo Camacho e da tradutora Joana Camacho.

À família da jornalista endereçamos as sentidas condolências.



14 visualizações