Buscar
  • Henrique Correia

JPP diz que "liberdade de imprensa" pode estar em risco


JPP sobre os despedimentos na TSF: esta decisão adensa os tempos difíceis que vivemos atualmente, assistindo-se a arbitrariedades várias, sob pretextos economicistas


O partido Juntos Pelo Povo considerou, hoje, que "com o caminho traçado pela concentração dos meios de comunicação social na Região Autónoma da Madeira, a liberdade de imprensa pode estar em sério risco, assim como a utilização do contexto de Pandemia para estabelecer o clima de medo sobre o veículo de pluralidade informativa".

Esta observação do JPP consta de uma posição assumida na sequência do anúncio de despedimento coletivo de jornalistas da TSF Madeira, detida em parte pela empresa Diário, onde o partido diz que esta opção "penaliza o seu principal ativo (quem dá a voz às notícias), objetivo primeiro de um órgão de comunicação e informação é um duro revés a favor do pluralismo da informação e da estabilidade laboral dos profissionais da informação"

Acrescenta o JPP que "esta decisão adensa os tempos difíceis que vivemos atualmente, assistindo-se a arbitrariedades várias, sob pretextos economicistas que, fragiliza ainda mais, o conhecido “quarto poder” e cala a voz da informação livre"

"George Orwell dizia que “jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Tudo o resto é propaganda” e é esta a difícil dialética que torna desafiante a profissão de Jornalista, uma nobre arte de informar com liberdade e objetividade".

21 visualizações