Buscar
  • Henrique Correia

Marcelo vem 72 horas para o Dia de Portugal e regressa para o Dia da Assembleia


O Presidente da República regressa à Região para as comemorações do Dia de Portugal, a 10 de junho. O programa é de três dias (de 08 a 10 de junho). A 19 de julho volta para o Dia da Assembleia




O Parlamento Madeirense revelou hoje que o Presidente da República aceitou o convite do presidente da Assembleia Regional para estar no Dia da Assembleia Legislativa da Madeira, que se assinala dentro de um mês e meio. “Foi a 19 de julho de 1976, que abriu o primeiro parlamento da Madeira, que é a força da Autonomia, que é a emanação da vontade dos madeirenses e dos porto-santenses”, esclareceu José Manuel Rodrigues. “Convidámos o senhor Presidente da República para estar no parlamento regional a assinalar os 45 anos do parlamentarismo na Madeira”, disse o Presidente do primeiro órgão de governo próprio da região, vincando que “o parlamento é o baluarte do nosso sistema democrático, do nosso sistema político e dos madeirenses que querem continuar a ser senhores dos seus próprios destinos”.

Nas eleições realizadas a 27 de junho de 1976 foram eleitos 41 deputados que tomaram posse no mês seguinte.

Antes desta visita, o Presidente da República regressa à Região para as comemorações do Dia de Portugal, a 10 de junho. O programa, de três dias (de 08 a 10 de junho), pretende ser um incentivo e um “virar de página” no turismo, nacional e internacional. O programa inicia-se com a “celebração dos oceanos”, a 08 de junho, “mas haverá depois o relembrar do papel do emigrante madeirense no Mundo, a evocação do pessoal da saúde que esteve na primeira linha no combate à pandemia, teremos atividades culturais e a presença das Forças Armadas, tradicional nesse tipo de cerimónia”, explicou Marcelo Rebelo de Sousa.

8 visualizações