Buscar
  • Henrique Correia

Na Calheta houve ajuntamento mas deputados nem podem estar a dois metros no Parlamento

A crítica vem do deputado do PS-M Élvio Jesus, que aponta "estranhos propósitos e duvidosos critérios"

O deputado socialista Élvio Jesus manifestou-se hoje descontente com o ajuntamento que viu na inauguração do Centro de Saúde da Calheta. Foi na sua página do facebook e ilustrou o texto com uma imagem da referida cerimónia, onde se pode ver o presidente da Assembleia Regional, o presidente do Governo, o secretário regional da Saúde, o Bispo do Funchal, o presidente da Câmara da Calheta, entre muitos outros presentes.

No texto publicado na rede social, o parlamentar do PS-M, que já liderou a Ordem dos Enfermeiros na Região, reage assim: "Ao contrário do CSC, nos Plenários da Assembleia Legislativa Regional, os Deputados, embora com máscara e a dois metros do colega da frente, estão impedidos de lá estar...Enfim, (estranhos) propósitos e (duvidosos) critérios!"

7 visualizações