Buscar
  • Henrique Correia

Novos prazos para limpeza da escarpa do Cais da Ribeira Brava

Conheça os condicionalismos de acesso a pessoas e embarcações




O Governo Regional alterou o prazo da realização dos trabalhos de “Limpeza da Escarpa do Cais da Ribeira Brava”, inicialmente fixado entre 9 a 31 de março de 2020. Agora, vão acontecer até 31 de agosto, no âmbito da empreitada de Reabilitação do Cais.

O investimento ascende a 1,6 milhões de euros e envolve a “recuperação e reforço do manto resistente do cais com cubos Antifer de 45 toneladas; a reconstrução do muro-cortina do cais e execução de um novo muro cortina a poente; a reparação de superfícies de betão com sinais de desgaste ou deterioração; a proteção da fundação da cabeça do cais; bem como a repavimentação do cais e a substituição dos cabeços de amarração e das defensas de painel existentes no cais”.

De acordo com os novos prazos, é dado a conhecer que “até 31 de agosto, é proibido o acesso e a circulação ou permanência de pessoa (incluindo os proprietários das embarcações) e de embarcações, veículos automóveis, atrelados, motociclos, triciclos, quadriciclos e veículos de natureza diversa na área terrestre do cais e na zona do varadouro. É também proibido o acesso e utilização do espelho de água, quer por pessoas, quer por embarcações, incluindo o fundeadouro.

A partir de 1 de setembro e até ao termo da empreitada, é vedada a permanência de qualquer embarcação, atrelados, veículo, motociclos, triciclos, quadriciclos e veículos de natureza diversa na

área terrestre do cais e na zona do varadouro;

Não é permitido, também, o acesso e a circulação de pessoas e de veículos automóveis, atrelados, motociclos, triciclos, quadriciclos e veículos de natureza diversa na área terrestre do cais e na zona do varadouro, com exceção dos proprietários das embarcações, das embarcações e respetivos

atrelados que pretendam fazer o lançamento à agua ou recolha da embarcação através do guincho existente no cais, operação que fica condicionada à autorização do responsável do

empreiteiro presente no local.

As operações de lançamento à água ou recolha da embarcação, a que se refere a alínea só poderá decorrer nos dias úteis, entre as 8h e as 9h e entre as 18h e as 19h.

Veja o vídeo

://www.rtp.pt/madeira/sociedade/obras-do-cais-da-ribeira-brava-concludas-em-agosto-vdeo_41053


6 visualizações