Buscar
  • Henrique Correia

Paramentos episcopais com Bordado Madeira; Bispo vai usar na Missa do Galo


A iniciativa foi do IVBAM, numa época especial, que é o Natal, com um Bordado Madeira elaborado pela bordadeira Cecília Gomes



A secretaria regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural deu conta da oferta, ao Bispo do Funchal, de alguns paramentos episcopais com aplicações em Bordado Madeira.

D. Nuno Brás, que elogiou o trabalho de excelente qualidade que foi realizado, disse que os novos paramentos vão ser utilizados já este Natal de uma forma ainda mais madeirense do que habitualmente, na ‘Missa do Galo’, a qual será transmitida pela RTP e que “será uma oportunidade para todos os madeirenses que o queiram poder ver esta obra de arte”.

Humberto Vasconcelos, acompanhado pela presidente do Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira (IVBAM), Paula Jardim Duarte, foram esta terça-feira ao Paço Episcopal proceder à entrega a D. Nuno Brás.

De acordo com Humberto Vasconcelos, esta foi a concretização de “um repto que havia sido lançado pelo Senhor Bispo do Funchal e que foi conseguido, agora, por iniciativa do IVBAM, numa época especial, que é o Natal, com um Bordado Madeira elaborado pela bordadeira Cecília Gomes, que se encontra serviço da Casa do Turista, entidade responsável pela confeção dos paramentos”.

Tal como afirmou o secretário regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, “os desenhos escolhidos para novos paramentos episcopais são extremamente elegantes e realçam toda a virtude do Bordado Madeira e a sua qualidade”.

Humberto Vasconcelos destacou, ainda, o papel de relevo da Igreja na sociedade madeirense, como referência de valores, sendo por isso também importante “a disponibilidade manifestada pelo senhor Bispo de divulgar esta arte, com a utilização destes paramentos”.

Esta oferta ocorre, também, num momento em que o IVBAM tem em curso a campanha ‘Ofereça o que é ÚNICO neste Natal’, a qual convida todos os madeirenses e porto-santenses a preferirem os produtos regionais e, particularmente, o Bordado, o Vinho Madeira, o Vinho Tranquilo, o Artesanato e o Rum da Madeira durante este período.

Por sua vez, o bispo do Funchal, D. Nuno Brás, agradeceu as peças com as aplicações em Bordado Madeira, começando por dizer que “havendo uma forte tradição do Bordado Madeira na vida dos madeirenses, o Bispo do Funchal não podia deixar de usar paramentos decorados com Bordado Madeira”.


7 visualizações