Buscar
  • Henrique Correia

Perto de uma centena em casa entre a comunidade educativa na Madeira



Na Escola Secundária Francisco Franco, um aluno testou positivo. Uma turma (22 alunos) inicia regime de ensino não presencial



Ao todo, são 98 os elementos da comunidade educativa afetados por ligações a casos de Covid-19 na Madeira. Em contrapartida, no Infantário "O Principezinho" todos os testes realizados às crianças e às auxiliares, referenciados a 14 de janeiro, resultaram negativo. À exceção da criança que testou positivo, todas as crianças regressam ao estabelecimento de ensino no próximo dia 22 de janeiro.

Entretanto, na EB1/PE da Camacha, um aluno testou positivo. Na sequência, uma turma (14 alunos) inicia regime de ensino não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.

Segundo dados da secretaria regional da Educação, um aluno da EB1/PE de Santa Cruz testou positivo. Na sequência, uma turma (15 alunos) inicia regime de ensino não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.

Na EB1/PE da Ajuda, uma turma (20 alunos), duas educadores e duas auxiliares em isolamento profilático, até indicação em contrário das autoridades de saúde, após contacto direto de um aluno com um caso positivo, fora do contexto escolar.

Na ES de Francisco Franco, um aluno testou positivo. Uma turma (22 alunos) inicia regime de ensino não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.

Na EB1/PE da Cruz de Carvalho, um aluno testou positivo. Na sequência, uma turma (22 alunos) e um docente iniciam regime de ensino não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.



13 visualizações