Buscar
  • Henrique Correia

Primeiro Centro de Alzheimer da Madeira fica na Ribeira Brava



O Estabelecimento Residencial para Pessoas Idosas e Unidade de Internamento tem capacidade para 18 utentes e funcionará de forma ininterrupta, 24 horas por dia. É inaugurado esta




O presidente do Governo Regional inaugura amanhã, dia 14 de setembro, pelas 17 horas, na vila da Ribeira Brava, o novo Centro de Alzheimer da Madeira, a unidade “Dragoeiro”, gerido pelo Centro Paroquial de São Bento. É a primeira Unidade na Madeira, a terceira em Portugal dedicada exclusivamente à doença.

A obra teve um custo total de 968.070,32 €, dos quais 800.000,00 € foram financiados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

A Unidade de Alzheimer ‘Dragoeiro’ terá as valências de Estabelecimento Residencial para Pessoas Idosas e Unidade de Internamento, bem como de Centro de Dia.

O Estabelecimento Residencial para Pessoas Idosas e Unidade de Internamento tem capacidade para 18 utentes e funcionará de forma ininterrupta, 24 horas por dia.

O Centro de dia tem capacidade para 45 utentes, com horário de funcionamento de segunda a sábado, entre as 8h00 e as 21h00.

Uma nota da Quinta Vigia refere que a equipa da Unidade de Alzheimer “Dragoeiro” será composta por 53 colaboradores, a tempo inteiro e parcial, consoante as áreas de atuação.

Entre os colaboradores, estarão um diretor técnico (técnico superior com formação na área das ciências sociais e humanas), dois psicólogos, um gerontólogo, um psicomotricista, um nutricionista (em regime de prestação de serviços), um coordenador de enfermagem (tempo parcial), cinco enfermeiros e um médico neurologista e de Medicina Geral (tempo parcial), um fisioterapeuta (tempo parcial).

Colaboração ainda no “Dragoeiro” um escriturário, dois animadores culturais, dois motoristas de ligeiros, um ajudante de ocupação, dois cozinheiros, um ajudante de cozinheiro, 23 ajudantes de Ação Direta, seis auxiliares de Serviços Gerais e um lavadeiro.



5 visualizações