Buscar
  • Henrique Correia

PSD contra contas do Funchal "aquém das expetativas"


Joana Silva: "Temos hoje uma cidade onde não foram criadas oportunidades para a captação de investimento privado e onde são inúmeras as queixas quanto à morosidade na análise e na atribuição de licenciamentos".



Os vereadores do PSD eleitos à Câmara Municipal do Funchal votaram contra as contas relativas à 2020, considerando que “a atuação do Executivo socialista não esteve à altura das necessidades e ficou muito aquém das expetativas”, conforme afirma a vereadora Joana Silva, que, entre outras falhas, aponta o facto da autarquia ter mantido, neste ano tão difícil e atípico para todos os Funchalenses, em função da pandemia COVID-19, uma carga fiscal superior à de 2013 em quase 7 milhões de euros”.

“Temos hoje uma cidade onde não foram criadas oportunidades para a captação de investimento privado e onde são inúmeras as queixas quanto à morosidade na análise e na atribuição de licenciamentos, o que contradiz a necessidade urgente de termos novos negócios a surgir e a criar emprego”, explica a vereadora, que condena, ainda, o desleixo, a falta de cuidado e a falta de investimento da autarquia tanto na área do saneamento básico, quanto na prevenção das ruturas do abastecimento de água e ou nos meios de recolha e limpeza da cidade", refere a vereadora social democrata.

4 visualizações