Buscar
  • Henrique Correia

PSD-Madeira leva 30 delegados ao congresso nacional do Partido


Paulo Rangel está na Região esta segunda-feira, 8 de novembro. Pelas 18.30h vai conhecer as reivindicações dos militantes no caso de ganhar o partido e as eleições de 30 de janeiro.



Rui Rio e Paulo Rangel disputam as diretas do PSD a 27 de novembro.



Dos 750 delegados que vão ao congresso nacional do PSD, cabe à Madeira enviar 30, o mesmo número a eleger pelos Açores. O 39º congresso do partido decorre a 17, 18 e 19 de dezembro, no Centro de Congressos de Lisboa, sendo que a eleição dos delegados será feita a 27 de novembro, dia das diretas, entre as 14 e as 20 horas. O rateio dos delegados da Madeira, será determinado pela respetiva comissão política regional.

Para já, começa a campanha e Paulo Rangel vai estar na Madeira a partir de amanhã, segunda-feira, 8 de novembro. Vai contactar com os militantes, dar conta do programa, mas sobretudo comprometer-se com a Madeira para o caso de ganhar o partido e ganhar o País.

"A campanha de afirmação do PSD pode continuar. O nosso adversário está identificado há muito tempo: António Costa e o Partido Socialista. Esta candidatura tem um propósito claro: "Unir, Crescer, Vencer. E vai mantê-lo com a continuação da apresentação de ideias e propostas para o PSD e para o país. Com elevação e sentido de responsabilidade! Somos um partido unido, apesar da nossa vivacidade e pluralidade, e a iniciativa de diálogo e de negociação que tomei no Conselho Nacional é uma boa prova de que as pontes são possíveis e desejáveis", escreveu Rangel nas redes sociais.

Rangel vai reunir com militantes e de certo modo já se sabe quais os temas em cima da mesa. A JSD-M já tem o "caderno de encargos":


- Alteração da Lei das Finanças Regionais

- Mobilidade aérea e marítima com implementação imediata do pagamento dos 86€ e dos 65€ para os estudantes

- ligações aéreas para o Porto Santo

- TAP como parceiro estratégico da promoção do destino Madeira

- Centro Internacional de negócios da Madeira

- Juros da Dívida

- Apoio de 50% na construção e equipamentos do novo hospital da Madeira

- Devolução dos valores adiantados pela região nos subsistemas da saúde

- posição sobre o aumento dos poderes da Autonomia Regional

8 visualizações