Buscar
  • Henrique Correia

Sara Madalena despede-se lembrando os que "continuam a descer cada vez mais baixo"


"Não deixo a política, deixo apenas a política ativa, até me voltar a considerar útil, momento em que não hesitarei em regressar".




A ainda vereadora do CDS na Câmara Municipal da Ponta do Sol, Sara Madalena, está de saída, em final de mandato. De saída de quatro anos de representação de um partido que, em coligação nas recentes autárquicas, com o PSD, em vez de somar subtraiu. Em separado tinham três vereadores e juntos passaram a dois.

Sara Madalena protagonizou um "braço de ferro" com o líder do CDS Madeira, Rui Barreto. Em causa estava o entendimento do líder na coligação com o PSD, em contraponto com o que pensava a vereadora, presidente da concelhia: não à coligação. Daí até ao afastamento foi um ápice. Vereadora e líder de costas voltadas, melhor dizendo toda a estrutura local do CDS. E os resultados do CDS dizem quase tudo. E a reação do derrotado social democrata Gualberto Fernandes, na noite eleitoral, disse o resto: "Mantivemos (o PSD) os dois vereadores". Logo, quem perdeu foi o CDS, contas do companheiro de coligação.

Hoje, no momento da saída, Sara Madalena publicou uma nota na sua página do Facebook, onde anuncia o "regresso à escola para frequentar o Mestrado em Estudos Regionais e Locais, na Universidade da Madeira". Diz que "termina uma empresa e começa outra. Como tudo na vida, fecham-se ciclos, abrem-se outros.

Faço um descanso da política ativa que tão bons momentos me trouxe e à qual estou imensamente grata por me ter oferecido experiências inolvidáveis".

A vereadora escreve ter encontrado "amigos para a vida e descoberto outros que nunca o foram e que, como uma mente esclarecida me disse: “conseguem encontrar o fundo do fundo” e continuar a descer, cada vez mais baixo".

Sara Madalena acrescenta: "Não deixo a política, deixo apenas a política ativa, até me voltar a considerar útil, momento em que não hesitarei em regressar. Por agora, volto aos estudos, fora da minha área, mas com muito entusiasmo.

Agradeço o carinho da população da Ponta do Sol, dos meus colegas Vereadores, Presidência da Câmara Municipal, funcionários e meus queridos membros CDS-PP Ponta do Sol. Agora não sou Vereadora, sou trabalhadora-estudante!"

1,092 visualizações